13/01/2009

O CEU NÃO TEM FAVORITOS!...








































Eu não quero conquistar o céu.



Queria ter sossego.



Que a conquista prossepõe batalha.



E o céu é um segredo.



Abre-me as portas, meu Deus.



Que as não quero arrombar.



Fiz o melhor do muito pouco que fiz.



Para chegar.



E, depois as escadas são tamanhas.



Que me falta a respiração.



E me assusta.



E me afligo.



e as dores são tamanhas.



Que me doem no coração.



Sou apenas uma mulherzinha.



Meu Deus.



À procura do caminho.



Por favor



-me a TUA MÃO.



(memórias de um filho da droga)















4 comentários:

Je Vois la Vie en Vert disse...

Querida Sagitário,

Parece que tens mesmo um problema, e as explicações não resolveram o teu problema. Se não conseguires com a ajuda da Renata e se moras num sítio fácil de aceder em transportes públicos (Lisboa, não é ?), posso ir ter contigo para tentar ajudar-te.
Diz-me se estás interessada e estabelecerei contacto por email.
Se tiveres dificuldade em entrar no meu blog, entra através do Firefox porque o Vício mudou o meu template e agora só com o Firefox é que funciona bem.

Beijinhos verdinhos

mundo azul disse...

______________________________

Versos pungentes...Bonitos e tristes!

Beijos de luz e carinho, minha querida amiga...

__________________________________

FERNANDA & ASTROLOGIA disse...

QUERIDA ANA, BELÍSSIMAS FOTOS NO TEU BLOGUE, QUANTO AO TEXTO NÃO QUERO COMENTAR... É MUITO DELICADO E EU NUNCA TE VI ESCREVER ASSIM... ESPERO QUE TUDO ESTEJA BEM... UM GRANDE ABRAÇO DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Muito bom seu post, Ana. O poema do seu amigo é muito tocante. Pelo que vejo, conseguiu arrumar o Blog, tirar aquela imagem, que já estar te irritando.
Amiga:
Fiz um post digno do Galeria. Vc pode ir aos outros Blogs depois, mas primeiro vá ao Galeria. Estou à sua espera.
Um abraço,
Renata